Marcio Pauliki - Compromisso com você
Facebook Twitter Instagram

Pauliki quer mais transparência nas contas de água

Compartilhe nas redes sociais:

14/04/2021

O deputado estadual Marcio Pauliki irá encaminhar um requerimento solicitando ao governo estadual e à Companhia Paranaense de Saneamento (Sanepar) que seja retirado o termo “excedente” das contas de água. No lugar, segundo ele, é necessário que sejam discriminadosdetalhadamente os gastos que estariam incluídos nesta cobrança.

No início deste ano, o deputado pediu para que a companhia acabasse com a tarifa mínima para que as famílias pudessem pagar exatamente pelo que consomem. Mas, com a mudança que a Sanepar fez reduzindo a tarifa mínima de 10 para 5 metros cúbicos, Pauliki pede que ao menos conste nas contas uma tabela que oriente os consumidores dos degraus tarifários.

“Como gestor, defendo a necessidade de que tenhamos total transparência com informações que ajudem o consumidor a entender sobre o que está pagando e não o confundir mais ainda”, ressalta Pauliki.

O deputado aproveitou o requerimento para pedir que a Sanepar também estude a adoção de uma tabela decrescente para reduzir a tarifa relativa ao tratamento de esgoto para famílias que consomem menos de 20 metros cúbicos. Atualmente, o cidadão paga, em geral, um valor equivalente a 80% da tarifa da água para a taxa de tratamento de esgoto independentemente do seu consumo.

“Em um momento de crise temos a necessidade de pensar no cidadão comum e ao mesmo tempo precisamos cobrar para que o tratamento do esgoto seja exemplar”, afirma o deputado.

Leis criadas e aprovadas