Marcio Pauliki - Gestão do jeito certo e de resultados

SIGA NAS REDES SOCIAIS

Facebook Twitter Instagram

Não podemos permitir que o Brasil volte a ser a disneylândia da corrupção!

Compartilhe nas redes sociais:

11/11/2019

O que aconteceu semana passada quando o STF , por 6 votos a 5, decidiu que os que estão presos poderiam aguardar em liberdade até a última instância e não mais na segunda instância, na verdade prestou um grande desserviço para todo o nosso país, principalmente os brasileiros de bem, honestos e indignados em ver na TV dezenas de corruptos deixando suas celas com um sorrisinho sarcástico no rosto e que na verdade, por dentro, dando gargalhadas da nossa cara, mostrando que o sentimento de impunidade voltou ao nosso país onde o crime parece que compensa.

Segundo as informações da operação lava jato, em 4 anos, as operações de combate à corrupção realizada pela Polícia Federal investigaram desvios de mais de R$ 48 bilhões de reais no país, isto é, é incrível ainda ver, principalmente nas redes sociais , muita gente defendendo a liberdade destes corruptos, como se a sua ideologia fosse uma venda que lhe tira toda a visão da realidade.

Isso serve para todo tipo de radicalidade, seja de esquerda, seja de direita pois afinal de contas, a corrupção não tem partido e não tem lado... ela é uma epidemia que afeta todos os níveis da política..
Mas atenção: há esperanças e agora, mais do que discursos bonitos e eloquentes na tribuna do congresso nacional, está na hora de vermos se a renovação de deputados federais realmente colocou gente comprometida com a população ou é o mesmo de sempre onde só pensam 24 horas em se dar bem, isto é, se o Congresso quiser reverter a decisão do STF através de uma PEC que é uma Proposta de Emenda a Constituição eles podem fazer isso imediatamente.

Pode ter certeza que se lá estivesse como deputado já estaria recolhendo o máximo de assinaturas possíveis para que a bandidagem corrupta volte para a cadeia e não incite a população contra o atual governo que entre erros e acertos, tenta colocar nosso país nos trilhos.

O ministro Sergio Moro disse o seguinte:

“A resposta aos avanços efêmeros de criminosos não pode ser a frustração, mas, sim, a reação, com a votação e aprovação no Congresso das PECs para permitir a execução em segunda instância e do pacote anticrime”.

Portanto, entendo que Congresso Nacional tem o dever de honrar a confiança da população e desfazer esse erro. Ou aprovam a PEC da 2ª instância ou esse país vai voltar a ser a Disneylândia dos corruptos