Marcio Pauliki - Gestão do jeito certo e de resultados

SIGA NAS REDES SOCIAIS

Facebook Twitter Instagram

Procure conviver entre pessoas que te ensine a caminhar

Compartilhe nas redes sociais:

04/06/2019

Certa tarde um pai sai para um passeio com as duas filhas, uma de 8 e a outra de 4 anos, em um determinado momento da caminhada a filha mais nova pediu ao pai que a carregasse pois ela estava muito cansada para continuar andando.

O pai então respondeu que também estava muito cansado e diante da resposta a garotinha começou a choramingar, a fazer corpo mole, e sem dizer uma só palavra o pai cortou um pequeno galho de árvore e o entregou a filha: Olha aqui um cavalinho para você montar filha, ele irá ajudá-la a seguir em frente.

A menina parou de chorar e pôs-se a cavalgar o galho verde tão rápido que chegou em casa antes dos outros. Ficou tão encantada com seu cavalinho que foi difícil fazê-la parar de galopar. Então a irmã mais velha ficou intrigada com o que viu e perguntou ao pai como entender a atitude da irmã mais nova.

Ele sorriu e respondeu: minha filha assim é a vida, as vezes a gente está física e mentalmente cansado certo de que é impossível continuar, mas encontramos então um cavalinho qualquer que nos dá ânimo outra vez.

Esse cavalinho pode ser um bom conselho de um amigo, a expectativa de um novo desafio na sua profissão ou o amor fraterno da sua família. Assim quando você se sentir cansado ou desanimado lembre-se que sempre haverá um cavalinho para cada momento e nunca se deixe levar pela preguiça ou desânimo. Procure conviver entre pessoas que te ensine a caminhar, porém quando encontrar o conhecimento não o negue aos outros.