Marcio Pauliki - Gestão do jeito certo e de resultados

SIGA NAS REDES SOCIAIS

Facebook Twitter Instagram

Mais gestão e menos marketing

Compartilhe nas redes sociais:

24/10/2019

Essa semana Ponta Grossa esteve em destaque no cenário político, administrativo do Paraná, porque o governador Ratinho, dentro do seu projeto de interiorização do estado, ele colocou Ponta Grossa em um patamar acima elevando a cidade como a capital administrativa do estado por dois dias.

Todos seus secretários, seu staff, vários deputados estiveram na cidade lançando vários projetos, emendas, investimentos tão importantes para toda a nossa cidade e também para toda a região. O governador Ratinho está de parabéns.

Mas ao mesmo tempo essa semana a Revista Exame ela publicou na sua última edição quais são as 100 cidades que mais estão aptas a receberem investimentos, as 100 melhores cidades para se fazer negócios, para atrair novas indústrias, empresas.

Pois bem, Ponta Grossa mais uma vez não ficou entre as 100, somos a 70ª em tamanho no país, mas infelizmente não estamos entre as 100 mais qualificadas. A revista Exame em sua matéria coloca que os itens que foram classificados, foram estudados é o desenvolvimento econômico, o valor do capital humano, qualificação profissional, o desenvolvimento social na área de saúde e educação, e principalmente infraestrutura. Também dados financeiros como endividamento, transporte público. E no Paraná tivemos 8 cidades nessa relação das 100: Curitiba, Maringá, Cascavel, Londrina, Araucária, Toledo, Umuarama e Guarapuava.

Então infelizmente vivemos em Ponta Grossa uma situação complicada na parte de atração de mais empresas, de mais indústrias, a cidade está crescendo, mas nós precisamos mostrar também que somos uma cidade que não apenas cresce, mas uma cidade que se desenvolve, há uma diferença muito grande e essa diferença se faz com planejamento.

Portanto menos marketing e mais ações concretas para que a nossa cidade quem sabe ano que vem possa estar nesse ranking que é tão importante para a economia de mercado, para nossa cidade.

Vamos fazer um trabalho com empresários, associativistas, políticos, entidades – União de forças, divisão de tarefas – para justamente colocar Ponta Grossa em um patamar de desenvolvimento que ela merece.